terça-feira, 11 de julho de 2017

Série Carros Clássicos | Episódio 2: "Proprietário da Garagem"

Conforme prometemos, hoje foi ao ar no nosso canal do Youtube, mais um vídeo para AMANTES DE CARROS ANTIGOS!
Série Carros Clássicos | Episódio 2: "Proprietário da Garagem" https://www.youtube.com/watch?v=FD85TpZ1jGE



No segundo episódio da série, o nosso apresentador Guilherme Junqueira, fala como começou a sua paixão sobre carros antigos, até que ponto chegou a sua coleção de raridades e muito mais. Então se você também é um apaixonado por carros clássicos e curtiu o primeiroepisódio, não deixe de conferir o segundo e continuar sua viagem no tempo.
Não se esqueça de se cadastrar no nosso canal, você vai receber as notificações semanais da SÉRIE CARROS CLÁSSICOS e muito mais sobre performance, velocidade, carros antigos, motocross e tudo que envolve o mercado automotivo.
Realização: AUT - http://aut.com.br/
Apoio e Apresentação: Garagem do Guilherme - http://www.mygarage.com.br/
Produção: AP112 Filmes - http://www.ap112.com.br/

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Série Carros Clássicos | Episódio 1: "História da Garagem"

Essa semana iniciamos uma série no nosso canal do Youtube, para AMANTES DE CARROS ANTIGOS!
Se você é aficionado pela história automobilística ou pelo charme e potência, que só os carros antigos podem oferecer, assista o primeiro episódio da Série Carros Clássicos - "História da Garagem". O conteúdo é produzido pela AUT em parceria com a Garagem do Guilherme, um local de carros antigos e muita história para você viajar no tempo.
Os vídeos da série serão semanais e quem apresenta a nossa série é o Guilherme Junqueira, proprietário da "Garagem do Guilherme" e apaixonado por carros.
Então se inscreva no nosso canal e acompanhe!



Série de Carros Clássicos – Episódio 1: História da Garagem
Realização: AUT - http://aut.com.br/
Apoio e Apresentação: Garagem do Guilherme - http://www.mygarage.com.br/
Produção: AP112 Filmes - http://www.ap112.com.br/

quinta-feira, 29 de junho de 2017

O GRANDE PROBLEMA DE ENTUPIMENTO POR BORRAS EM SISTEMAS A DIESEL

O GRANDE PROBLEMA DE ENTUPIMENTO POR BORRAS EM SISTEMAS A DIESEL, DERIVADO DO AUMENTO DA DOSAGEM DE BIODIESEL NO DIESEL NACIONAL

No processo de armazenamento do combustível conhecido popularmente como óleo diesel, ocorre uma mistura mineral/vegetal, derivada da adição de biodiesel com o diesel, problema que se agrava com a presença de água, naturalmente originária de soluções vegetais, o que acaba desencadeando um maior desenvolvimento microbiano, até mesmo em soluções com uma quantidade mínima de água de 1%, em um sistema de armazenamento, ocorre fator suficiente para o crescimento desses micro-organismos, onde tanto no combustível como no sistema ocorrem uma reação em cadeia, e com o decorrer do tempo, cada vez mais suscetível a contaminação de fungos e bactérias, que aderem ao sistema e tanques, comprometendo a qualidade final de todo o combustível, causando o aumento da formação de borras que se acumulam no fundo do tanque e em todo o sistema de injeção de combustível. Em testes microbiológicos realizados nos laboratórios químicos da AUT, aditivos de alta performance,  foi verificado que em sistemas contendo meio mínimo mineral de misturas diesel/biodiesel, observou-se o crescimento, além de outros micro-organismos, como  Paecilomyces sp, um tipo de fungo filamentoso considerado uma saprófita comum, onde foi verificado que a espécie pode desenvolver-se num amplo intervalo de temperatura, variando dos 8°C aos 38°C para alguns isolados, e obtendo crescimento extremamente acelerado no intervalo entre os 26°C e os 30°C, uma temperatura comum em regiões mais quentes, típicas de países tropicais como o Brasil, o que certamente agrava ainda mais o problema.

Nos testes formou-se ainda uma maior biomassa na formulação B20 (diesel com adição de 20% de biodiesel) e também de Aspergilus fumigatus em B100 (100% biodiesel) e no decorrer do tempo dos ensaios em laboratório, observou se ainda o crescimento de Candida silvícola, um patogênico perigoso para humanos e que está entre alguns membros do gênero Candida, estando portanto entre os patógenos fúngicos mais comuns e que causam doenças graves, onde ainda foi verificado a formação de Rhodotorula sp, leveduras que pertencem ao reino Fungi, um frequente contaminante, formado em todos os ensaios.


A AUT, após 5 anos de testes e em parceria com grandes frotistas, atrás de soluções desse problema que sempre  causou enormes prejuízos, com custosas paradas de equipamentos, foi pioneira em formular, e em lançar um produto que inibe os fungos e bactérias mais comuns na mistura diesel/biodiesel do Brasil, portanto adequado exatamente a combater esses agentes bacterianos formados em combustíveis expostos as altas variações de temperaturas e condições de armazenamento do nosso país, onde verificou-se também, que com o tratamento de choque e aplicações de proteção continuada, a ocorrência da formação de uma película protetora no sistema e inibição de formação microbacteriana, inibindo formação de borras e mantendo o sistema em excelente funcionamento diminuindo as paradas para manutenções.

Effektiv, a solução perfeita para devolver ao sistema, todo o desempenho que a engenharia de motores projetou para seu perfeito funcionamento!

Mais uma conquista da AUT para um grave problema e agora disponível para os sistemas de motores a diesel!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Herbie - Se meu Fusca falasse


Carros Famosos do cinema
Em homenagem ao dia Internacional do Fusca, hoje trouxemos ninguém mais, ninguém menos que Herbie o mais famoso e amado Fusca de todos os tempos.
Filme: Se meu Fusca falasse
Modelo: Volkswagen Fusca 1963

Dotado de uma incrível inteligência, carisma e personalidade. Herbie é um Volkswagen Fusca 1963, de cor branco pérola (código VW L87), com vida própria e ao ser desprezado, vai parar nas mãos de Jim Douglas, um piloto de corridas fracassado que, graças a Herbie, ganha confiança e começa vencer várias corridas.

Herbie foi protagonista de seis filmes dos estúdios Disney e conquistou fãs pelo mundo:
- Um Fusca em Monte Carlo, (Herbie Goes to Monte Carlo) de 1977 (também conhecido como Herbie - O Fusca Enamorado);
- Se o Meu Fusca Falasse (Remake do primeiro filme) (The Love Bug) de 1997
- Herbie - Meu Fusca Turbinado,(Herbie: Fully Loaded) de 2005, teve como protagonista a atriz Lindsay Lohan
Curiosidades:
- O fusca já se apaixonou duas vezes, a primeira foi por um Lancia Montecarlo, em Um Fusca em Monte Carlo e a segunda, por um Volkswagen New Beetle em Herbie Meu Fusca Turbinado.
- Herbie é de Wolfsburg, Alemanha, apesar de sua placa ser da Califórnia.
- O Nº 53 e as cores azul, branco e vermelho são em homenagem ao uniforme, do jogador de baseball Don Drysdale.
- Herbie é um Sun-Roof Sedan, que é a versão com teto solar de lona do Fusca.
- Em suas aventuras, Herbie já destruiu um Nissan, no Crazy Steve Junkyard, em Herbie - Meu Fusca Turbinado e um Lamborghini 400 GT, no filme de 69, que Jin comprou.

#VOCÊescolheAUT #aut #carrosfamososdocinema #voceescolheaut #herbie #semeufuscafalasse #AUT #fusca #car #instacar #vwlove #vwfusca #ovalbeetle #classicvw #vw #volkswagen #volkswagen #Fusca #DiaMundialDoFusca

sábado, 3 de junho de 2017

Carros famosos do cinema - Aston Martin DB5 1964 - 007 Contra Goldfinger

Carros famosos do cinema - Aston Martin DB5 1964 - 007 Contra Goldfinger

Modelo: Aston Martin DB5 1964
Filme: 007 Contra Goldfinger e 007 Thunderball

Parte do legado de James Bond é feito de carros famosos e aparelhos de alta tecnologia; e pode ser retratado em um veículo, o Aston Martin DB5 de 1964 é uma obra de arte e foi conduzido em dois filmes da franquia: 007 Contra Goldfinger e 007 Thunderball.



Os efeitos especiais tornaram o Aston Martin, um dos carros mais amados de todos os tempos. A longa lista de aparelhos embutidos no veículo inclui o para-choque, as metralhadoras, o assento do ejetor, a tela de fumaça, o pulverizador a óleo entre outras tecnologias, que ajudavam James Bond a enfrentar os vilões.

Um dos aparatos tecnológicos, mais interessantes do Aston, sem sombra de duvidas era a tela do mapa no carro, que prefigurava os sistemas de navegação atuais.
O famoso veículo do agente 007 é tão influente e significativo, que um dos modelos originais usados nos filmes, foi vendido recentemente por US$ 4,6 milhões.


#VOCÊescolheAUT #aut #carrosfamososdocinema #voceescolheaut #007 #jamesbond 

#autoficial #instacars #carlovers #automotivo #supercars #fast #car#cars #carshow #carsportting #carros #cinema

#astonmartin

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Carros famosos do cinema - DeLorean DMC-12 1981 - De volta para o futuro




Modelo: DeLorean DMC-12 1981
Filme: Trilogia - De volta para o futuro

O carismático Doctor Brown em “De volta para o futuro”, não só conseguiu construir uma máquina do tempo a partir de um carro, como foi além e deixou o DeLorean marcado por gerações, que até hoje, cultuam o veículo que ultrapassa as barreiras do tempo.

Mesmo após trinta anos de sua estreia nos cinemas, o DeLorean ainda faz sucesso e é disputado por fãs e colecionadores de raridades. Para quem nunca conseguiu ter a sua própria máquina do tempo; e sonha com as aventuras do Dr. Brown e Marty McFly, temos uma ótima notícia: o modelo voltará a ser produzido esse ano no Texas. O preço ainda não foi divulgado, mas deverá ficar próximo de US$ 100 mil.

O conceito do modelo DeLorean DMC-12 de 1981, foi pensado pelo engenheiro automotivo John Zachary DeLorean, um ex-executivo da General Motors. Com um chassi feito de aço inoxidável, o DMC-12 tinha motor V6 de 2.85 litros, usado também em carros da Peugeot, Renault e Volvo. O design foi elaborado por Giogetto Giugiaro, enquanto a engenharia do veículo ficou por conta da inglesa Lotus Cars.

Foram fabricados mais de 9000 modelos e até hoje, 6 mil ainda rodam pelas ruas.

5 Curiosidades sobre o DeLorean em De Volta Para o Futuro:

1 - No roteiro original do filme, a máquina do tempo seria uma geladeira. Mas Robert Zemericks e Bob Gale, ficaram com receio de que crianças poderiam imitar e ficarem presas dentro dos refrigeradores. Então escolheram o DeLorean, pelo seu design futurista.

2 - O Mr. Fusion, fonte de energia do carro, na verdade era um moedor de café da marca Krups.

3 - Para fazer a viagem no tempo, possibilitada pelo fluxo capacitor que ficava dentro do carro, o DeLorean precisava atingir a velocidade de 141 km/h.

4 - Nas cenas em que as portas eram congeladas, elas eram congeladas de verdade. Nos intervalos, as portas eram aquecidas com secadores de cabelo, para evitar que caíssem na cabeça dos atores e produtores.

5 - O clássico DeLorean usado nos três filmes, está exposto no Universal Studios de Hollywood. O modelo das cenas de ação, que envolvem o trem no terceiro filme está exposto no Universal Orlando. A terceira máquina do tempo, usada no terceiro filme e com os pneus de faixa branca, hoje está nas mãos de um homem que vive em New England. Uma série de réplicas particulares, já foram fabricadas por grandes fãs da trilogia.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Curiosidades do mundo da velocidade – O primeiro Batmóvel - Batman



O primeiro Batmóvel da história, foi construído para uso próprio, por Forrest Robinson no ano de 1963. O jovem construtor de automóveis, na época com 23 anos, fez o seu Batmóvel em cima de um Oldsmobile 88 de 1956, com um motor Rocket 394 e design único.

O automóvel fez tanto sucesso, que a empresa Green Acres Ice Cream ligada à DC Comics, editora de personagens como Batman e Super-Homem, alugou o veículo para promover o Homem-Morcego no Leste dos EUA. A Green Acres Ice Cream alugou o carro até o final de 66, pouco antes das famosas réplicas do Batmóvel criado por George Barris, ficarem prontas para a série de TV.

Após o término do contrato, Robinson precisava de dinheiro para abrir um negócio e vendeu o Batmóvel por US$ 200.000,00, mas infelizmente o primeiro Batmóvel foi abandonado em Nova Hampshire por quase 50 anos. O Oldsmobile 88 permaneceu no esquecimento até 2008, quando foi descoberto pelo colecionador de carros Bobby Smith e chegou as mãos do historiador automotivo George Albright, que pesquisou a história e em fevereiro de 2013, vendeu o veículo para a Toy Car Exchance LLC, empresa especializada em restaurar carros antigos. Depois de restaurado, o veículo conquistou o primeiro lugar na categoria de carros feitos à mão, no Sacramento Autorama e foi leiloado no ano seguinte.

O primeiro Batmóvel da história, jamais foi utilizado no cinema e sim para fins promocionais.